domingo, 16 de outubro de 2011

Segunda rodada de oficinas para calouros na Rádio Facom


Aprender dicas básicas de locução no rádio edição de áudio, esse foi o objetivo de vários calouros faconianos que se mobilizaram e pediram uma segunda rodada de oficinas neste semestre. 
O encontro aconteceu neste sábado (15), no Laboratório de Rádio da Faculdade de Comunicação, na Universidade Federal da Bahia.
Durante a manhã, sob orientação de Cydo Sylva e Leo Moreira, os iniciantes na área acadêmica realizaram edições de um pequeno texto no formato de notícia, em seguida, simularam uma apresentação da referida notícia utilizando recursos como vinhetas e backgrounds (BG) alternando a própria gravação com a de um colega. Pela tarde, Tedson Souza comandou a oficina de locução radiofônica, onde contou um pouco da sua experiência no rádio e deu dicas do uso da voz diante dos microfones. Os calouros, mais uma vez, voltaram ao estúdio para gravar um texto a ser avaliado posteriormente pelo ministrante da oficina ao lado dos demais participantes.

A Rádio Facom realiza oficinas de locução e edição de áudio em todo início de semestre, sempre ministradas por profissionais de comunicação ou membros da própria emissora-laboratório, que tem como coordenador o professor Maurício Tavares.


Confira mais fotos das oficinas realizadas neste sábado clicando aqui.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Rock In Rio 2011: Noite do Metal

Por Rodrigo Chamusca.    

 A terceira noite do Rock in Rio foi marcada por uma invasão de camisas negras na cidade do Rock. Mas se engana quem pensa que houve brigas, confusão e pancadaria. Os metaleiros são o público mais animado e participativo que uma banda pode esperar. Irei enumerar algumas impressões que tive durante minha incursão pelo festival.

    Chegada - Ao me aproximar da Cidade do Rock, pude ver uma onda negra que se apoderava da Barra da Tijuca. Milhares de camisetas com estampas de bandas, que iam desde Nirvana até AC/DC, passando por Sepultura, Slipknot e a mais largamente difundida: METALLICA! Andando em direção aos portões da Rock City pude notar a euforia e catarse coletiva que pairavam no ar. Cada grupo que passava pela catraca comemorava como se fosse um gol da seleção brasileira. Tudo havia ficado para trás, a partir daquele momento estávamos em uma realidade paralela.



Sondando o terreno - Convenhamos que há diversas mistificações acerca da figura do "metaleiro". Headbangers cabeludos e mal encarados, dispostos a te chutar até a morte por um simples esbarrão. Essa é a imagem que costuma dominar o imaginário coletivo. Entretanto, não foi difícil perceber que é apenas um ignorante estereótipo, todos ali (ou, pelo menos, larga maioria) queriam extravasar apenas entoando louvores aos Deuses do Rock, e foi o que fizeram, pulando e cantando até não poder mais.

Palco Sunset - Matanza e B. Negão fizeram o dever de casa, e olha que a tarefa é nada simples. A apresentação do Angra foi marcada por rumores do fim da banda (esse assunto dá pano pra manga). Mas as intempéries não foram apenas de relacionamento, por problemas técnicos de equalização e direcionamento das caixas de som endereçadas ao público (P.A.). Simplesmente não havia como ouvir muita coisa além do grave, o que transformou os vocais da soprano Tarja Turunen em uma seqüência de buuuuum bum bum! bum bum! em pleno "The Phantom of the Opera". Quando a situação melhorou (um pouco) a banda tocou sucessos como Carry On e Nova Era (aquela do plágio envolvendo o Parangolé). Perdoem-me, caros leitores, mas não vi a apresentação do Sepultura. Talvez vocês não estariam lendo este texto se eu permanecesse perto do palco.




Palco Mundo - Ainda tento entender os erros de organização que envolvem o Rock in Rio desde os idos 1985. Como Roberto Medina é capaz de elencar a banda Glória para abrir shows como Motörhead, Slipknot e Metallica e deixar Sepultura no Palco Sunset? Quase uma heresia! O público, como era de se esperar, foi hostil com a banda metalcore paulistana. Verdadeiros gênios na auto-intitulada "Arte de Fazer Inimigos", obtiveram profundo êxito nessa árdua tarefa. Dignos de piedade, gritavam coisas como "vai se f.....!" e "é tudo meu!", típica atutude poser. Não deveriam estar ali, definitivamente.



 Pra curar a ressaca moral pós-Gloria, subiu ao palco a banda americana Coheed and Cambria, abrindo o show com a trilha sonora do filme Inception (A Origem). A apresentação seguiu morna até que eles tocaram  The Trooper do Iron Maiden, levantando todos que estavam sentados no gramado. Motörhead é uma atração à parte, os vocais de Lemmy Kilmister e seus amplificadores Marshall colaboraram para a aura de Rock Clássico que dominou o show. Ace of Spades foi a música mais cantada pelo público. Slipknot fez os fãs irem ao delírio, efeitos pirotécnicos e músicas com muita energia levantaram e fizeram se abaixar as cem mil pessoas ali presentes. Ao fim da apresentação, Corey Taylor agradeceu, profundamente emocionado, ao público, dizendo ser aquele o melhor show da vida dele.





Para descrever a apresentação do Metallica só há uma palavra: Antológica! Por duas horas os californianos cantaram junto com o público, que era conduzido por James Hetfield como em uma orquestra. A banda mais aguardada da noite fez estremecer o chão da Cidade do Rock, a começar por Ecstasy of Gold de Ennio Morricone, que prenunciava o início da apresentação. A platéia insandecida cantou quase todo o show, num coro uníssono em músicas como Fade to Black e Master of Puppets. O poder que a banda exercia sobre o público foi levado ao extremo das emoções, ao fim da melódica Nothing Else Matters emendou-se Enter Sandman, resultado: catarse e histeria coletiva televisionada. Pra encerrar a noite, nada como um charminho dos músicos que fingiram sair do palco, sugerindo de estar muito tarde e ser hora de dormir, pra retornar aclamados e fechar a noite gloriosa (ooops!) do metal com SEEK AND DESTOY!!!
Ao fim de intermináveis aplausos e agradecimentos, foi estendida uma bandeira em homenagem a Cliff Burton (1962-1986), primeiro baixista do Metallica que durante o show foi lembrado na música Orion.


E assim foi a noite do metal na quarta edição carioca do Rock In Rio.
Rio de Janeiro 26/09/2011.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Enquanto isso...

Cláudio Jensen
Share |

OFICINAS DE LOCUÇÃO
E EDIÇÃO DE ÁUDIO
 







Nos dias 16 e 17 a Rádio Facom ofereceu aos seus calouros 2011.2 as tradicionais oficinas de locução com Tedson Souza, e edição de áudio com Cydo Sylva e Leo Moreira; e, como auxiliar, a monitora Gislene Ramos. Foram dois dias bastante produtivos e de puro aprendizado!




Leo Moreira




Tedson Sousa
Cydo Sylva












Na sexta-feira, enquanto aguardavam ansiosamente a chegada de Tedson, os calouros já iam conversando descontraidamente com os nossos monitores, e disseram um pouco para nós quais as expectativas em relação à oficina e para com a Rádio Facom, visto que muitos deles mostraram interesse em se juntar à nossa família radiofônica, seja em locução de programas, seja na produção. Muitas foram as expectativas dos calouros...

Renata Farias



Raquel Muniz

Maria Ribeiro

Bruno Santos


Susana Rebouças







Tedson, figura cativa da Rádio Facom, com toda a sua simpatia marcante e histórias hilárias dos bastidores da comunicação iniciou a oficina dando um panorama geral da importância do rádio ao longo dos anos em nossa sociedade, e findou com dicas sobre como deveriam encarar as oportunidades no mercado de trabalho.

Igor Tiago





Os calouros também fizeram a gravação de uma leitura, que em seguida foi avaliada com as considerações de Tedson.


Mário Rafael
Jéssica Lemos



Jonas Nogueira
Vinicius Carvalho



Gabriel Rodrigues

Marta Mendes

No sábado, dia da Edição de áudio, com Cydo e Léo Moreira, os calouros fizeram a gravação de um texto, o qual foi aproveitado para aprenderem a intercalar falas, além de fazer mixagem e obterem dicas de background. 




terça-feira, 20 de setembro de 2011

Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da UFBA

A Rádio Facom esteve presente na solenidade de entrega do título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal da Bahia ao ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, nesta terça-feira, 20, às 11h, no Salão Nobre da Reitoria da UFBA.

Inúmeras autoridades de vários segmentos da sociedade marcaram presença. Entre os principais, a reitora Dora Leal, o ex-reitor da UFBA e ex-governador da Bahia, Roberto Santos, atual governandor Jaques Wagner, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo, o  prefeito de Salvador, João Henrique, ex-reitor e professor Naomar Almeida, muitos vereadores e deputados.
Lula agradeceu a homenagem e dedicou o título a todos que contribuíram para a diminuição da desigualdade social nos últimos anos.
O Conselho Universitário da UFBA, atendendo a proposta da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, decidiu pela outorga do título em 30 de outubro de 2002, três dias após a conquista do seu primeiro mandato como presidente.

Todos os detalhes você confere no Universidade Notícia desta quinta-feira, a partir das 13:30 até as 14:00, pela Rádio Facom.

Confira algumas fotos da cerimônia:




 








sexta-feira, 16 de setembro de 2011

24 anos sem Peter Tosh, o bad boy do reggae!!

Share
Cena de cinema de rude boys jamaicanos no dia 11 de setembro de 1987. Em Kingston, Peter Tosh, que devia para Jah e o mundo, estava endividado também com quem nunca é recomendável se envolver: traficantes. 

Os bandidos foram cobrar a dívida, o artista se recusou a atendê-los e recebeu quatro tiros no peito. Morria, aos 43 anos, Winston Hubbert McIntosh, uma das lendas do reggae,  guitarrista e bom cantor com voz de barítono que começou a carreira ao lado de Bob Marley (1945-1981) nos Wailers.| Na foto Bob, Mick e Peter  
nn
Quem se amarra no roots reggae de Peter Tosh ganha mais um motivo para recordar sua música. Um não, dois. Os dois primeiros discos-solo do compositor: Legalize It, de 1976, e Equal Rights, de 1977, estão de volta às lojas em versões especiais pela gravadora Sony Music.

São caprichadas edições comemorativas contendo dois CDs, cada uma, e com preço sugerido de R$ 39,90: o disco original, acrescido de faixas inéditas com versões demo; e outro com versões alternativas e remixes.  Os textos dos encartes são do jornalista Roger Steffens e do historiador e produtor jamaicano Herbie Miller.

Legalize  
Os dois trabalhos são clássicos do reggae mundial, mas Legalize It é mais emblemático do que foi Peter Tosh. Na capa, ele aparece soltando baforadas de um cachimbo, acocorado no meio de uma grande plantação de maconha.

A música-título pede a liberação da cannabis e sua mensagem até hoje é incisiva - aliás, a banda carioca Planet Hemp usou um sample da canção no hit Legalize Já, no seu álbum de estreia, Usuário, de 1995.

Legalize It foi gravado com participações luxuosas do grupo vocal feminino I-Threes, formado por Marcia Griffiths, Judy Mowatt e Rita Marley (casada com Bob Marley); e de vários músicos dos Wailers, como Anton “Family Man” Barrett e Seeco Patterson.

O segundo CD da reedição de Legalize It traz a mixagem original do disco, feita pelo próprio Peter Tosh, seguida por uma versão alternativa da faixa-título e por seis dubs muito raras. A reedição de Equal Rights segue formato idêntico.

Com participação da ilustre dupla Sly Dunbar (bateria) e Robbie Shakespeare (baixo), Equal Rights ataca(va) o injusto sistema da Jamaica. A música-título é genial: “Todo mundo quer ir para o céu/ Mas ninguém quer morrer/ E eu digo: nós nunca teremos paz/ Até o dia que tivermos direitos iguais e justiça”. 

O trabalho também tem mensagem de africanismo em African e Aparttheid e uma regravação de Get Up, Stand Up, dos Wailers, de onde Tosh saiu por ciúme da liderança de Bob Marley, que também tinha roubado uma namorada do amigo: Rita Anderson.



foto do 1° álbum legalize it 
de 1976 
Tosh e Fábio Jr.  
Peter Tosh, que não conheceu o pai e foi criado por uma tia na favela de Trenchtown, sempre gostou de uma confusão. Biógrafos do cantor dizem que sua rebeldia às vezes beirava o mau-caratismo.

Keith Richards que o diga. Como ele e Mick Jagger haviam contratado Tosh para o selo Rolling Stone Records, em 1978, o guitarrista roqueiro emprestou sua casa de praia em Ocho Ríos, Jamaica, para o rastaman. Ao pedir a casa de volta, Keith foi ameaçado de morte. Resultado: os Stones demitiram o cantor imediatamente.

Peter Tosh veio ao Brasil em 1980 e brilhou no Festival de Jazz de São Paulo. O mais curioso foi sua participação especial na novela Água Viva (TV Globo), de Gilberto Braga, quando cantou Legalize It tendo Fábio Jr. nos vocais de apoio. Reza a lenda que ele fumou toda a maconha que havia no Rio e em São Paulo.



Estas e mais feras do Reggae mundial você ouve as segundas, quartas e sextas no Rastaman Vibration a partir das 17 horas sempre com Ton Andrade !!
                    

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Direito autoral, propriedade intelectual e plágio



O programa Universidade Notícia dessa quinta-feira traz uma entrevista com o diretor e professor do Instituto de Ciências da Informação - UFBA, Rubens Ribeiro, falando sobre o evento organizado pela unidade em parceria com a Academia de Letras Jurídicas da Bahia, que vai debater plágio e direito autoral na próxima quinta-feira, 15, na ALJBA, no bairro da Graça, às 14h.
Entre os assuntos abordados pelo diretor, está o desenvolvimento de um aplicativo capaz de identificar plágio em trabalhos acadêmicos, um projeto do ICI.
Não deixe de conferir o informativo semanal sobre a universidade que vai ao ar todas as quintas, às 13:30 aqui pela Rádio Facom.



quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Estréias na Rádio Facom

 Nesta semana estreiam alguns programas inéditos. A começar pela ilustre colaboração do professor de Cinema da Facom, André Setaro, que semanalmente traz uma crítica sobre alguns aspectos do cinema no programa Café com Setaro. Vai ao ar todas as quartas-feiras, às 11 horas.
Confira o programa de estréia, onde o tema é cinema baiano:
Café com Setaro, primeira edição

Na sexta-feira estréia o programa comandado por Caah Galrão, o Polemicaah. Para saber o que vem por aí, confira:
Chamada do programa Polemicaah

Já na segunda temporada, o K-CHA-SSA volta agora às quartas feiras, a partir das 13:45, com Mila Hita, Júlia Belas e Gis Ramos. Confira uma das edições do programa no semestre passado:
K-CHA-SSA Literária

Programas como o RadioNarquia, Música Superpopular Brasileira e Ultraleve também já retornaram, para saber mais informações sobre os nossos programas acesse o menu Programas.

Para melhor atender o nosso ouvinte, estamos disponibilizando os programas em  podcast, para que você possa ouvir em qualquer horário e lugar.
Se você tem uma proposta para criar o seu programa, ou fazer parte de um existente, é simples, saiba como em Você na Rádio.




quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Aos calouros e calouras

Share | Calour@s, sabem aquela mochila que identifica vocês como #calouroufba em qualquer lugar? Pois bem, o Kit Calouro da UFBA já está sendo distribuído na Pró-Reitoria de Extensão, em frente ao DCE.
Mas atenção! Por enquanto é apenas para alunos ingressantes no turno diurno, até o dia 2 de setembro, das 9 as 17h.
 Quem entrou em curso noturno deve receber o identificador, quer dizer, o kit a partir do dia 5 até 19, no horário das 19 as 21h.



Equipe Rádio Facom

Share | Para melhor atender a demanda do ouvinte, contamos com uma equipe competente formada por profissionais e amadores comprometidos com o desenvolvimento e inovação da programação radiofônica. Preparamos um pequeno vídeo para apresentar, rapidamente, os integrantes do fantástico aquário-fusca.  
video
 

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Decolando

Share | Mais um semestre letivo inicia-se e com ele as atividades do querido aquário-fusca. A Rádio Facom deseja a todos os calouros, muita garra e sorte nesta terra estrangeira até então. 
A nossa grade de programação está sendo atualizada e em breve estará sendo disponibilizada por aqui. Convidamos os ingressantes no ensino superior para conhecer nossos espaços, todos são bem-vindos. 



sábado, 4 de junho de 2011

AgenciAção antecipa as festas juninas na Facom



A festa mais celebrada no Nordeste esse ano chegará mais cedo. A II Edição do Agenciação – tema especial de São João – vai acontecer no dia 16 de junho (quinta-feira) a partir das 11h na área externa da Faculdade de Comunicação da UFBA / Campus Ondina.
O evento contará com a participação das bandas Forrossá, Flor do Cangaço e do trio Jó Miranda,  bem como do cordelista Luar do Conselheiro, além de aulas gratuitas de forró pé-de-serra com o dançarino Alessandro Felizola. O projeto, realizado pela Agência Experimental em Comunicação e Cultura (instância da faculdade) tem como objetivo aproximar o universo acadêmico das produções comunitárias soteropolitanas.
A festa será gratuita e, além da boa música, terá também comidas típicas e feijão tropeiro, vendidos a preço popular, decoração temática e algumas surpresas farão parte da programação do evento. Agora é só acender a fogueira e preparar a sandália que o arrasta-pé vai começar.


Serviço:
O quê: II Edição do Agenciação – Tema Especial de São João
Quando: 16 de junho das 11 às 15h
Onde: Faculdade de Comunicação de UFBA – Campus Ondina (Rua Barão de Geremoabo, s/n, Ondina)
Valor do ingresso: Gratuito
Atrações: Forrossá, Jó Miranda, Flor do Cangaço, Luar do Conselheiro e aulas de forró com Alessandro Felizola
Realização: Agencia Experimental em Comunicação e Cultura – Facom/UFBA
Apoio: Centro Acadêmico Vladimir Herzog e Rádio Facom

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Megafone entrevista Marcelo Letal

Share | Um dos grandes nomes da música baiana da década de 90, músico e compositor independente, Marcelo Letal foi o entrevistado do programa Megafone, na última segunda-feira, 23/05. Os apresentadores Léo Moreira e Vitor Moreira conversaram com o artista sobe a carreira musical, composições, influências e muito mais. Confira um pequeno trecho da entrevista:



O Marcelo Letal é um grande nome no cenário da música alternativa baiana, o artista Edy Star, em entrevista à revista Muito, do A Tarde, cita Letal quando ainda era vocalista da banda Vira-latas de Luxo:
"Planos em Salvador, eu tenho. Conheci umas bandas e escolhi uma de um cara, um compositor fantástico, chama-se Marcelo Letal. A banda é a Vira-Latas de Luxo. A banda é muito boa, o cara é muito bom compositor. Estou apaixonado pelas músicas dele. É daqui de Salvador, da Cidade Baixa. Ouvi outras bandas (tom irônico), essas bandas que são boas, maravilhosas, divinas, fantásticas e se apresentaram com fulano e sicrano. Mas esta banda me conquistou. Já fizeram shows em festivais, no Pelourinho etc e são muito bons. Vou gravar músicas dele. Estou preparando um trabalho com eles em Salvador. Pelo menos, espero fazer isso em breve." 

Você já percebeu que o cara tem renome, não é? Então ouça um pouco mais da entrevista na Rádio Facom:

 

domingo, 15 de maio de 2011

Ganhe pares de ingressos para a peça O Diário de Adão e Eva

Share |



Quer assistir ao Diário de Adão e Eva? Siga @RadioFacom e RT Concorra a um par de ingressos para assistir a peça #DiariodeAdaoeEva no Molière http://kingo.to/BLB



Participe da promoção que vai levar você e sua/seu companheiro/companheira/amigo/amiga ao Teatro Molière.
A Rádio Facom promove o incentivo à cultura apoiando iniciativas e projetos como “O Diário de Adão e Eva”, uma livre adaptação do conto homônimo de Mark Twain, que conta de maneira irreverente, ousada e instigante os desafios e desabafos do então casal primordial da humanidade. Alternando momentos líricos com a sátira e o deboche próprios do baiano, a montagem mescla vídeo, poesia, música, criando um espetáculo divertido e dinâmico.

Atenção: a promoção é exclusivamente via Twitter, para levar o par de ingressos precisa estar seguindo o nosso perfil no microblog, @RadioFacom e retuitar a seguinte frase com o link e hastag: 

RT Concorra a um par de ingressos para assistir a peça #DiariodeAdaoeEva no Molière. http://kingo.to/BLB

O sorteio será realizado pelo site sorteie.me nos dias 19 e 27, às 15h. Divulgaremos os nomes dos ganhadores em nosso perfil no Twitter. Após os sorteios, entraremos em contato com os vencedores solicitando o envio de dados de identificação. A retirada dos ingressos será nos estúdios da @RadioFacom.  Serão sorteados  quatro pares de ingressos para cada dia de apresentação da peça. 

Período: 07 a 29 de maio de 2011
Dias: sexta a domingo (e quinta-feira, 19)
Horário: 20h
Valor do Ingresso: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia)
Maiores informações: O Diário de Adão e Eva

FICHA TÉCNICA:


Texto: Yulo Cezzar (Livre adaptação de Mark Twain)


Direção: Yulo Cezzar.


Codireção: Grasca.


Atores: Christiane Veigga, Hamilton Lima, João Paranhos.


Produção: Grupo de Teatro Bastidores da Cooperativa Baiana de Teatro.


Coordenação de Produção: Grasca


Divulgação: Christiane Veigga

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Reunião de planejamento 2011.1

Share


A primeira reunião de planejamento do semestre 2011.1 da Rádio Facom, ocorreu na última sexta-feira, 29, na direção de Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia. 
Presidida pelo atual vice-diretor da Facom e tutor da rádio, Maurício Tavares, com participação de Ana Bandeira, funcionária, dos veteranos Leo Moreira, Cydo Sylva, Dudu Assunção e calouros, a reunião abordou diversas temáticas, entre elas a instalação das novas caixas de som no Restaurante Universitário - RU e na famosa varandinha da Facom, a grade de programação semestral, planejamentos de eventos e questões administrativas.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Os calouros, segundo "Patuscada"



O programa da quarta-feira, dia 06/04, abordou a temática "Calouros". Colocando a cobertura que foi feita da "semana do calouro" em pauta. Houve comentarios descontraídos sobre os novos alunos da Facom e discutiram acerca do que é ser calouro e como é essa entrada num novo universo que é a faculdade. Alem disso, houve música, agenda cultural; como de praxe, e falou um pouco do que será o programa em 2011.
Confira tudo isso e muito mais no programa acima!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

terça-feira, 29 de março de 2011

De volta à nave

O semestre letivo na UFBA começou e com ele começa a formação da grade de programação da nossa querida Radio Facom. Aproveitamos a ocasião para dar as boas vindas aos calouros que estão entrando nessa, até então, "terra desconhecida", aproveitem bem o que há de melhor na universidade.A Radio Facom, uma rádio-laboratório da Faculdade de Comunicação, tem como um dos seus objetivos, capacitar o aluno, que tenha interesse, para o campo radiofônico. Faça uma visita sem compromisso ao nosso estúdio, conheça a nossa estrutura, teremos o maior prazer em recepcioná-los(as). Por falar em estrutura, este semestre estamos com nosso aquario-fusca (como também é conhecido o nosso esúdio) funcionando a todo vapor, se você quiser fazer parte do nosso time, procure um dos nossos monitores ou acesse a página aqui no blog onde terá mais informações. Lembrando que qualquer aluno UFBA pode participar da rádio, até mesmo alunos de fora da universidade, mas que tenham como colega de atividade alguém interno.
Você, ouvinte, pode participar da nossa programação enviando seus pedidos musicais, sua crítica a quem quer que seja, sugestões para melhoria do nosso serviço, através do aquariofusca@gmail.com, do nosso Twiter, do Facebook, do Orkut e ainda por meio do nosso telefone: 0**71 3283-6184.
Funcionamos das 8h as 18h.

Compartilhe isso com seus amigos pelas redes sociais.